Fonte: Technology Ventures – From Idea to Enterprise, Drof C. R. e Byers H. T.

Este é o décimo artigo da série Criando EBTs de Sucesso. É o quarto texto do módulo II – As oportunidades e o sumário empresarial – seção I e foi extraído do livro  Technology Ventures – From Idea to Enterprise

Seção I – Aborda o início de uma EBT alinhada com pontos vitais para o sucesso
Módulo II –
As oportunidades e o sumário empresarial

AVALIANDO A OPORTUNIDADE

Escolher a oportunidade certa é uma tarefa difícil e importante. Nós selecionamos a oportunidade que oferece a melhor chance de sucesso dentro do contexto do mercado.

O empreendedor procura e analisa cuidadosamente a melhor oportunidade, visto que para muitas pessoas, apenas uma ou duas são necessárias para melhorar a vida do empreendedor. Um objetivo é investir em uma empresa pela qual você estará pagando menos do que ela vale; isto fornece um amortecedor para desafios imprevistos. Também, os empreendedores tentam achar uma oportunidade com um sólido potencial de longo prazo numa indústria que ele conhece. Eles também montam uma boa equipe gerencial que possa executar a estratégia para esta oportunidade. Eles também asseguram que os consumidores permitirão que sua empresa lucre com o empreendimento. Assim, eles evitam indústrias que vendam produtos em que o preço seja a única diferença exceto quando eles têm um processo de negócio novo e inovador que permite que sua empresa seja um fornecedor de baixos preços.

A revisão das oportunidades sempre incluirá a avaliação de alternativas. O custo de oportunidade de uma ação é o valor (custo) da perda de uma ação alternativa. A tabela 2.10 traz um exemplo de análise de oportunidade entre um emprego ou o inicio de um empreendimento. Um dos grandes riscos para qualquer pessoa ao considerar um novo empreendimento é a tendência geral dos seres humanos de ter um excesso de confiança e esperar que as coisas sejam melhores do que realmente são.

As considerações nesse exemplo estão envolvidas com a oportunidade do ponto de vista dos empreendedores. Isto é igualmente importante para rever a qualidade da oportunidade em termos de avaliação do mercado, viabilidade de implementação e diferenciação do produto. Muitas análises requerem informação adicional. O julgamento sobre a qualidade da oportunidade pode se feito por uma equipe empreendedora na medida em que eles considerem todos os aspectos da oportunidade. Uma compreensiva abordagem analítica à avaliação da oportunidade não se adapta à maioria das empresas nascentes. Os empreendedores freqüentemente carecem de tempo e dinheiro para entrevistar uma grande quantidade de consumidores potenciais, analisar substitutivos, reconstruir estruturas de custo dos competidores ou projetar cenários de planejamento alternativos.

A maioria das equipes empreendedoras segue o processo básico de cinco passos apresentado na tabela 2.11. O objetivo é eliminar rapidamente empreendimentos futuros não promissores, poupando energia e tempo para os mais promissores. Em geral, é melhor rejeitar os empreendimentos em indústrias ou mercados em que os empreendedores têm pouca experiência ou conhecimento. Checklists padrão ou aproximações não funcionam para a maioria dos empreendedores. O esforço de análise apropriado e as questões que são, em sua maioria, dignos de pesquisas e análise dependem das características de cada empreendimento.

Em geral, contudo, um empreendedor trabalha através dos cinco passos da tabela 2.11 e elimina as oportunidades que não passam por uma inspeção. Aquelas que passam por uma análise rápida devem ser olhadas com mais cuidado.

O empreendedor tem que viver com incertezas críticas, tais como a competência relativa dos rivais ou as preferências dos consumidores, que não são fáceis de analisar.

Um novo produto tem que oferecer aos consumidores um valor excepcional a um preço atrativo e a companhia deve fazer tudo isso com um bom lucro. A revisão inicial da oportunidade pode ser baseada nas cinco características da oportunidade e na avaliação da equipe: capacidade, novidade, recursos, retorno e comprometimento como descrito na tabela 2.11

Quando avalia uma oportunidade o empreendedor considera se ela se adapta ou combina com as condições do contexto, as capacidades e características da equipe e as suas habilidades de assegurar os recursos necessários para iniciar um novo empreendimento baseado na oportunidade. A figura 2.4 mostra um diagrama de adaptação ou congruência que pode ser usado para revisar uma oportunidade. Um grande diamante com um grande grau de ajuste é o melhor.


Figura 2.5 (a) A oportunidade dentro do contexto é, (b) O encaixe dos recursos, competências, estratégia e execução para combinar com a oportunidade.